Up

2013

ESTRUTURA DA POPULAÇÃO E CRESCIMENTO DA SARDINHA-CASCUDA, Harengula clupeola (CUVIER, 1829) (CLUPEIFORMES: CLUPEIDAE) NA BACIA DO SUDESTE DO BRASIL

ESTRUTURA DA POPULAÇÃO E CRESCIMENTO DA SARDINHA-CASCUDA, Harengula clupeola (Cuvier, 1829) (CLUPEIFORMES: CLUPEIDAE) NA BACIA DO SUDESTE DO BRASIL

Autor: Clarissa Alessandra Lemos

Orientador: André Martins Vaz-dos-Santos

Data: 22.11.2013

Resumo:

Em prospecções hidroacústicas da ictiofauna pelágica na plataforma da bacia do Sudeste do Brasil realizadas entre 2008 e 2010, a sardinha-cascuda, Harengula clupeola, se destacou por sua abundância e frequência. É uma espécie costeira, importante na pesca industrial com traineiras. O objetivo deste estudo foi analisar a estrutura em tamanho, a ocorrência, a distribuição, a idade e o crescimento de H. clupeola na área. As amostragens foram realizadas com rede de arrasto de meia-água e com rede de cerco, sendo analisados 1063 exemplares de H. clupeola capturados entre 11 m e 40 m de profundidade, dos quais 485 eram fêmeas, 480 machos e 98 indivíduos com o sexo não observado. O comprimento total variou entre 65 e 192 mm. A partir de distribuições de frequência por sexo e por área, verificou-se que entre Ilhabela e Paranaguá houve a maior ocorrência e também os menores exemplares de H. clupeola. A distribuição de frequência apresentou maior abundância no intervalo de 140 - 165 mm, sendo que a classe de 155 mm foi a mais abundante. A proporção sexual geral mostrou-se heterogênea (c² = 94,57, P < 0,05), com predomínio de fêmeas a partir da classe de 170 mm. O crescimento foi analisado através de distribuições de frequência do comprimento total, empregando-se o programa FiSAT II. Os parâmetros de crescimento estimados basearam-se no modelo de von Bertalanffy, sendo: C∞ = 193,8 mm e K = 1,01/ ano; C0 = -0,094; f = 4,58 e A 3 anos. Os parâmetros estimados mostram que a espécie apresenta um crescimento rápido e na distribuição reestruturada observa-se de três a quatro coortes.

Palavras-chave: Crescimento, Fator de condição, Longevidade, Biologia.

 
TECNOLOGIA E VIABILIDADE ECONÔMICA DO SUCEDÂNEO DE CAVIAR DAS OVAS DE TRUTA ARCO-ÍRIS (Oncorhynchus mykiss)

TECNOLOGIA E VIABILIDADE ECONÔMICA DO SUCEDÂNEO DE CAVIAR DAS OVAS DE TRUTA ARCO-ÍRIS (Oncorhynchus mykiss)

Autor: Thaís Moron Machado

Orientador: Marcelo Barbosa Henriques

Data: 18.03.2013

 
DESCRIÇÃO DA COMUNIDADE DEMERSAL E AVALIAÇÃO DE POSSÍVEL IMPACTO DO SEDIMENTO DEPOSITADO DO PORTO DE SANTOS SOBRE OS RECURSOS PESQUEIROS)

DESCRIÇÃO DA COMUNIDADE DEMERSAL E AVALIAÇÃO DE POSSÍVEL IMPACTO DO SEDIMENTO DEPOSITADO DO PORTO DE SANTOS SOBRE OS RECURSOS PESQUEIROS)

Autor: Juliana Sanches Stark

Orientador: Acácio Ribeiro Gomes Tomás

Data: 05.07.2013

 
ESTRUTURA POPULACIONAL DO XIXARRO, Trachurus lathami,NICHOLS, 1920 (TELEOSTEI: CARANGIDAE),NA BACIA DO SUDESTE DO BRASIL (22ºS-29ºS), 2008-2010

ESTRUTURA POPULACIONAL DO XIXARRO, Trachurus lathami,NICHOLS, 1920 (TELEOSTEI: CARANGIDAE),NA BACIA DO SUDESTE DO BRASIL (22ºS-29ºS), 2008-2010

Autor: Lygia Conzo Ruas

Orientador: André Martins Vaz-dos-Santos

Data: 05.08.2013

 
PRODUÇÃO INTENSIVA DE TRUTAS: CARACTERIZAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA E IMPACTO SOBRE O CORPO RECEPTOR

PRODUÇÃO INTENSIVA DE TRUTAS: CARACTERIZAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA E IMPACTO SOBRE O CORPO RECEPTOR

Autor: Bernardo Pinto Caramel

Orientador: Cacilda Thais Janson Mercante

Data: 02.09.2013

 
IDENTIFICAÇÃO MOLECULAR E ASPECTOS BIOLÓGICOS DE ELASMOBRÂNQUIOS CAPTURADOS NA PESCA DE PARELHA NO SUDESTE E SUL DO BRASIL: CONTRIBUIÇÃO PARA GESTÃO PESQUEIRA

IDENTIFICAÇÃO MOLECULAR E ASPECTOS BIOLÓGICOS DE ELASMOBRÂNQUIOS CAPTURADOS NA PESCA DE PARELHA NO SUDESTE E SUL DO BRASIL: CONTRIBUIÇÃO PARA GESTÃO PESQUEIRA

Autor: Beatriz Fabris Schmidt

Orientador: Katharina Eichbaum Esteves

Data: 19.09.2013

Resumo:

A pesca intensiva vem levando ao declínio os estoques de inúmeras espécies marinhas, especialmente os elasmobrânquios. Nos arrastos de parelha, Dasyatis spp são uma das espécies de elasmobrânquios mais capturadas, porém há grande dificuldade de identificação taxonômica destes indivíduos, uma vez que são desembarcados em forma de carcaças. A raia Atlantoraja castelnaui também é frequentemente capturada e encontra-se ameaçada de extinção pela IUCN. Tendo em vista a necessidade de dados específicos sobre as capturas de elasmobrânquios para contribuir com a gestão pesqueira, o objetivo do trabalho foi identificar em nível de espécie as carcaças das raias do gênero Dasyatis do sudeste e sul do Brasil, através da técnica molecular de PCR-RFPL e analisar os aspectos biológicos do estoque de Atlantoraja castelnaui, ambas capturadas pelos arrastos de parelha entre os anos de 2011 e 2012, a fim de compreender o impacto desta pesca em suas populações. Através das amplificações da região COI com os primers universais para peixes R1 e F2 e da enzima de restrição Fok I, foram gerados fragmentos de DNA específicos para as 4 espécies de raias do gênero Dasyatis, com fragmentos de 390 e 260 pb para D. hypostigma, fragmentos de 300, 180 e 155 pb para D. americana, fragmentos de 370 e 300 pb para D. guttata e fragmentos de 410 e 200 pb para D. centroura. Depois a enzima foi usada na identificação de 97 amostras de tecidos das carcaças coletadas nos desembarques pesqueiros de parelha, evidenciando a ocorrência de 90,7% de D. hypostigma, 5,1% de D. americana, 2,1% de D. guttata e 2,1% de D. centroura. A técnica se mostrou eficiente na identificação das quatro espécies, podendo ser uma ferramenta importante para o monitoramento e conservação de tal grupo. Para A. castelnaui foram identificadas 216 exemplares, com 69 machos variando de 82,3 a 110,6 cm, 82 fêmeas de 84,3 a 121,2 cm e 65 indivíduos indeterminados de 56,9 a 83,2 cm de comprimento total. O menor volume desembarcado ocorreu no outono, no entanto não houve padrão de capturas para as demais estações do ano. O crescimento foi isométrico para machos e fêmeas. Houve predomínio nas capturas de indivíduos imaturos, principalmente fêmeas, mostrando ser uma espécie capturada indiscriminadamente e que requer iniciativas urgentes de preservação.

Palavras chave: Raias, genética, biologia, conservação, Dasyatis spp, Atlantoraja castelnaui.

 
EFEITO SINÉRGICO DO CARBOFURANO E NANOTUBOS DE CARBONODE PAREDES MÚLTIPLAS EM TILÁPIA DO NILO (Oreochromis niloticus,Linnaeus, 1758)

EFEITO SINÉRGICO DO CARBOFURANO E NANOTUBOS DE CARBONO DE PAREDES MÚLTIPLAS EM TILÁPIA DO NILO (Oreochromis niloticus,Linnaeus, 1758)

Autor: Janaina Campos Garcia

Orientador: Edison Barbieri

Data: 20.09.2013

 
ESTUDO DE MERCADO E VIABILIDADE ECONÔMICA DO CULTIVO DO CAMARÃO BRANCO Litopenaeus schmitti (BURKENROAD, 1936) EM SISTEMA DE RECIRCULAÇÃO DE ÁGUA

ESTUDO DE MERCADO E VIABILIDADE ECONÔMICA DO CULTIVO DO CAMARÃO BRANCO Litopenaeus schmitti (BURKENROAD, 1936) EM SISTEMA DE RECIRCULAÇÃO DE ÁGUA

Autor: Leonardo Castilho de Barros

Orientador: Marcelo Barbosa Henriques

Data: 23.09.2013

 
PROBIÓTICO NA CRIAÇÃO DE ROBALO-FLECHA E LAMBARI EMTANQUES-REDE

PROBIÓTICO NA CRIAÇÃO DE ROBALO-FLECHA E LAMBARI  EM TANQUES-REDE

Autor: André Pedro Noffs

Orientador: Maria José Tavares Ranzani-Paiva

Data: 26.09.2013

 

 
ESTUDO DA COMUNIDADE DE ANUROS EM DIFERENTES CONDIÇÕES RIPÁRIAS SOB INFLUÊNCIA DO CULTIVO DE CANA DE AÇÚCAR: SUBSÍDIOS PARA A CONSERVAÇÃO

ESTUDO DA COMUNIDADE DE ANUROS EM DIFERENTES CONDIÇÕES RIPÁRIAS SOB INFLUÊNCIA DO CULTIVO DE CANA DE AÇÚCAR: SUBSÍDIOS PARA A CONSERVAÇÃO

Autor: Ludmila Cristina Baldi Rodrigues Moreno

Orientador: Claudia Maris Ferreira Mostério

Data: 27.09.2013

 
AVALIAÇÃO DAS PESCARIAS COM REDES DE EMALHAR DESCARREGADAS NO ESTADO DE SÃO PAULO ENTRE 2008 E 2011

AVALIAÇÃO DAS PESCARIAS COM REDES DE EMALHAR DESCARREGADAS NO ESTADO DE SÃO PAULO ENTRE 2008 E 2011

Autor: Kátia Maia Corrêa

Orientador: Antônio Olinto Ávila-da-Silva

Data: 21.10.2013

 
ATIVIDADES PESQUEIRAS NO COMPLEXO ESTUARINO DE SANTOS E SÃOVICENTE, SÃO PAULO - BRASIL

ATIVIDADES PESQUEIRAS NO COMPLEXO ESTUARINO DE SANTOS E SÃOVICENTE, SÃO PAULO - BRASIL

Autor: Gabriel Lelis Togni

Orientador: Acácio Ribeiro Gomes Tomás

Data: 24.10.2013

 
REPRESA BILLINGS: ASPECTOS DE POLUIÇÃO EM LOCAIS DE PESCA CONSIDERANDO SEUS MÚLTIPLOS USOS

REPRESA BILLINGS: ASPECTOS DE POLUIÇÃO EM LOCAIS DE PESCA CONSIDERANDO SEUS MÚLTIPLOS USOS

Autor: Ricardo Avari

Orientador: Cacilda Thaís Janson Mercante

Data: 31.10.2013

 
SUPLEMENTAÇÃO DO AMINOÁCIDO TAURINA EM RAÇÕES PARATILÁPIA-DO-NILO Oreochromis niloticus

SUPLEMENTAÇÃO DO AMINOÁCIDO TAURINA EM RAÇÕES PARATILÁPIA-DO-NILO Oreochromis niloticus

Orientador: Giovani Sampaio Gonçalves

Autor: Juliana de Barros Valle

Data: 01.11.2013

 

 
ELASMOBRÂNQUIOS CAPTURADOS NA PESCA DE ARRASTO DE CAMARÃO NO SUDESTE E SUL DO BRASIL: CONTRIBUIÇÃO PARA GESTÃO PESQUEIRA

ELASMOBRÂNQUIOS CAPTURADOS NA PESCA DE ARRASTO DE CAMARÃO NO SUDESTE E SUL DO BRASIL: CONTRIBUIÇÃO PARA GESTÃO PESQUEIRA

Autor: Bárbara Piva Silva

Orientador: Alberto Ferreira de Amorim

Data: 12.11.2013

 
OCORRÊNCIA DE INVERTEBRADOS MARINHOS ORNAMENTAIS EM COLETORES ARTIFICIAIS E CORDAS DE MEXILHÃO Perna perna (LINNAEUS 1758) EM CARAGUATATUBA, SUDESTE DO BRASIL

OCORRÊNCIA DE INVERTEBRADOS MARINHOS ORNAMENTAIS EM COLETORES ARTIFICIAIS E CORDAS DE MEXILHÃO Perna perna (LINNAEUS 1758) EM CARAGUATATUBA, SUDESTE DO BRASIL

Autor: Leina Moura Carneiro Carvalho

Orientador: Helcio Luis de Almeida Marques

Data: 12.11.2013

 
PROSPECÇÃO DE LARVAS DA FAMILIA DE ISTIOPHORIDAE (PERCIFORMES, XIPHIOIDEI) NO SUDESTE DA COSTA BRASILEIRA

PROSPECÇÃO DE LARVAS DA FAMILIA DE ISTIOPHORIDAE (PERCIFORMES, XIPHIOIDEI) NO SUDESTE DA COSTA BRASILEIRA

Autor: Roberta Fernandes Schmidt

Orientador: Alberto Ferreira de Amorim

Data: 12.11.2013

Resumo:

As espécies pertencentes à família de Istiophoridae, foram capturadas mundialmente durante décadas, pelas frotas artesanal, comercial e esportiva. Essas espécies são capturadas de acordo com o objetivo da pescaria, sendo espécie alvo na pesca esportiva e como fauna acompanhante/by catch nas demais pescarias, obtendo maior ou menor representatividade das espécies. Atualmente a situação dos estoques apresentados pela Red List da IUCN, para a espécie do agulhão-branco (Kajikia albida), encontra-se como “vulneráble”, havendo relevante preocupação para a espécie não entrar em extinção, a espécie de sailfish (Istiophorus platypterus) está um nível a baixo, havendo menor preocupação se encontrando como “least concern”. Porém há incerteza quanto ao estado dos estoques do sailfish para o Atlântico, mas os dados de modelagem apresentam-se como sobreexplorados com clara evidência do excesso na pesca. Contudo, há poucas informações biológicas sobre os primeiros estágios de vida das espécies citadas e em relação aos seus estoques atuais. O Atlântico Sul Ocidental pode ser considerado uma importante área de desova para o agulhão-branco e para o sailfish, necessitando do preenchimento das lacunas existentes, sobre a descrição das características biológicas dessas espécies, gerando informações, a fim de resultar em subsídios para auxiliar no manejo conservacionista. No período de novembro a janeiro de 2011/2012 e 2012/2013 foram realizados cruzeiros de pesquisa, coletando ictioplâncton com rede de arrasto cônica de superfície. O material biológico coletado foi conservado em álcool 95%, havendo uma troca a menos de 24h, na proporção de 1:1. Após a triagem, houve uma pré-seleção das prováveis larvas a nível da família de Istiophoridae, com base em suas características taxonômicas. A identificação da espécie se deu por meio da biologia molecular, utilizando as técnicas de PCR-multiplex e RFLP. Foram identificadas, duas larvas de agulhão-branco frente ao estado do Rio de Janeiro capturadas em novembro de 2011 e 2013, e cinco larvas de agulhãovela (Istiophorus platypterus) capturadas em janeiro de 2013 frente ao estado do Espírito Santo. Atualmente a legislação proíbe a comercialização do agulhão-branco em todo território nacional de acordo com a Instrução Normativa (Nº12-2005) da SEAP (Secretária Especial de Aquicultura e Pesca).

Palavras-chave: agulhão, peixe-de-bico, larva, morfologia, molecular, conservação.

 
A IMPORTÂNCIA DO ESTUÁRIO DE SANTOS PARA AS ESPÉCIES DE PEIXES E CRUSTÁCEOS

A IMPORTÂNCIA DO ESTUÁRIO DE SANTOS PARA AS ESPÉCIES DE PEIXES E CRUSTÁCEOS

Autor: Carolina Cesar Braga

Orientador: Evandro Severino Rodrigues

Data: 14.11.2013

 
PLANEJAMENTO DA MARICULTURA NA REGIÃO ESTUARINA-LAGUNARDE CANANÉIA/SP, COM O USO DE GEOPROCESSAMENTO.

PLANEJAMENTO DA MARICULTURA NA REGIÃO ESTUARINA-LAGUNAR DE CANANÉIA/SP, COM O USO DE GEOPROCESSAMENTO.

Autor: Fátima Lisboa Collaço

Orientador: Edison Barbieri

Data: 14.11.2013

 
VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DO BICULTIVO DE LAMBARI-DA-MATA-ATLÂNTICA (Deuterodon iguape) E TILÁPIA-DO-NILO (Oreochromis niloticus).

VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DO BICULTIVO DE LAMBARI-DA-MATA-ATLÂNTICA (Deuterodon iguape) E TILÁPIA-DO-NILO (Oreochromis niloticus).

Autor: Fernando Henrique Agostinho dos Santos Barbosa Gonçalves

Orientador: Marcelo Barbosa Henriques

Data: 26.11.2013

 
 
 
Powered by Phoca Download