Instituto de Pesca – APTA - SAA - SP
Programa de Pós-Graduação em Aquicultura e Pesca
Edital de Seleção Contínua

 

1. INSCRIÇÕES

1.1. Local de inscrição

 

As inscrições poderão ser realizadas:

 

a) pessoalmente, em São Paulo, na Secretaria de Pós-graduação do Programa, no endereço abaixo:

 

Instituto de Pesca – Prédio Sede da Diretoria de Departamento:

 

Secretaria de Pós-graduação

 

Av. Francisco Matarazzo, 455 – Parque da Água Branca

 

Barra Funda - São Paulo (SP)

 

Fone/Fax: (11) 3871-7535

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

b) pelo correio, enviando a correspondência para o endereço:

 

Instituto de Pesca – Pós-graduação Caixa Postal: 61070

CEP: 05001-970 - São Paulo (SP)

 

1.2. Horário e instruções para inscrição:

 

 

Pessoalmente: Diariamente, das 9h às 11h30 e das 13h30 às 17h, mediante agendamento prévio, junto à Secretaria, pelo telefone (11) 3871-7535 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

Pelo correio: Enviar a correspondência com AR (Aviso de Recebimento). No caso de haver falta de documentos na inscrição pelo correio, a mesma não será confirmada, ficando na dependência de providências por parte do(a) candidato(a), o qual será informado via e-mail pela Secretaria da Pós-graduação.

 

 

 

1.3. Homologação da inscrição

 

 

A inscrição será homologada pela Secretaria de Pós-graduação num prazo máximo de  três dias úteis, sempre respeitando o período de recesso anual da Secretaria de Pós-graduação (15 de dezembro a 15 de janeiro). A homologação da inscrição será comunicada ao(à) candidato(a) via e-mail.

 

 

 

1.4. Documentação exigida

 

 

Toda a documentação deverá ser entregue em papel (via impressa) e também em via eletrônica, ao e-mail da Secretaria de Pós-graduação (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.). Os documentos necessários são os seguintes:

 

a) Carta de indicação do(a) orientador(a), assinada por este(a) e com o acordo do(a) candidato(a). A carta poderá conter assinatura eletrônica ou digitalizada. O modelo da carta é obrigatoriamente o constante do Anexo 1, apresentado neste edital.

 

 

b) Laudo ou documento comprobatório de aprovação em Exame de Proficiência em língua inglesa, fornecido por Instituição ou Escola de Idioma credenciada pelo Programa de Pós-graduação do IP, nos termos do item 2.1.1 adiante. Para a realização do Exame, o(a) candidato(a) deverá solicitar previamente à Secretaria do Programa a Carta de Encaminhamento à Instituição ou Escola de Idioma credenciada, onde constará, obrigatoriamente, o nome, RG e a área de concentração escolhida pelo(a) candidato(a) dentro do Programa (Aquicultura ou Pesca).

Somente após a aprovação no Exame de Proficiência em Inglês, o(a) candidato(a) deverá encaminhar à Secretaria da Pós-graduação:

 

c)            Ficha de inscrição ao processo seletivo (Anexo 2);

 

d)            Comprovante de recolhimento da taxa de inscrição ao processo seletivo, no valor de R$ 70,00, depositada em nome de:

Fundação de Apoio à Pesquisa Agrícola – FUNDAG Banco do Brasil

Agência 3360-X

Conta corrente: 4.200-5

 

 

e)            Cópia simples do certificado ou do diploma de conclusão de curso de graduação.

 

f)             Cópias simples do RG e do CPF do(a) candidato(a)

g)            CurriculumLattes (CNPq)

h)            Documentação comprobatória do Curriculum (somente via impressa)

 

i)              Proposta de Dissertação com no máximo 10 páginas, digitada em fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5, assinada pelo(a) candidato(a) e pelo(a) orientador(a), elaborada de acordo com o roteiro constante do Anexo 3 deste Edital. O tema da proposta de dissertação deverá ser condizente com a linha de pesquisa do(a) orientador(a).

 

j)              No caso de candidato(a) estrangeiro(a), o(a) mesmo(a) deverá apresentar, no ato da inscrição, o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa – Celpe-Bras, sem restrições quanto à validade. O Comitê de Pós-graduação poderá emitir “Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa” para candidato(a) estrangeiro(a) que comprovar que seu idioma nativo é o Português, ou que tenha sido alfabetizado(a) na língua portuguesa, ou que tenha residido por mais de seis meses em país(es) cujo idioma oficial é o Português. Para tanto, o(a) candidato(a) deverá enviar carta ou e-mail à Comissão de Seleção solicitando o certificado, anexando à mesma os respectivos comprovantes.

k)            Diploma de graduação obtido no exterior deve ser legalizado pelo interessado de acordo com a Convenção de Haya, conforme detalhado em: http://www.cnj.jus.br/poder-judiciario/relacoes-internacionais/convencao-da-apostila-da-haia

 

 

1.5. Observações:

 

 

a)    Ainda que aceitas cópias simples dos documentos do Curriculum, a Comissão de Seleção se reserva o direito de solicitar os documentos originais a qualquer momento do processo.

 

b)    Só serão aceitos documentos oficiais (com timbre da Instituição) para comprovar os estágios realizados.

 

 

Para comprovar a monografia, o(a) candidato(a) deverá apresentar Declaração da Faculdade, ou Declaração do(a) Orientador(a) ou Cópia da Súmula da Defesa, assinada pela Banca, além da Capa e do Resumo da Monografia.

 

2. SELEÇÃO

2.1. Formato e detalhamento dos instrumentos de seleção:

 

 

2.1.1. Prova de Inglês, eliminatória e classificatória, na qual o(a) candidato(a) deverá obter aproveitamento igual ou superior a 70% (70 pontos).

 

 

a)    A prova será aplicada por Instituição ou Escola de Idioma indicada pela Secretaria de Pós-graduação, mediante o pagamento, pelo aluno, de taxa cujo valor será informado pela Instituição ou Escola de Idioma no momento da inscrição para a realização da prova.

 

 

b)    O instrumento de avaliação consiste em uma prova escrita, em que o(a) candidato(a) deverá responder a questões sobre textos redigidos em Inglês, com tempo pré-determinado, sendo permitida a utilização de dicionário Inglês/Inglês. As questões serão respondidas em Português.

 

 

c)    Em caso de reprovação ou não comparecimento, o(a) candidato(a) poderá agendar nova prova somente após um intervalo mínimo de 30 dias.

 

 

d)    O prazo de validade do Exame de Proficiência em Inglês é de dois anos, após o qual o candidato terá de prestar novo exame.

 

 

2.1.2. Análise do Curriculum, de caráter classificatório.

 

 

a)    O objetivo deste instrumento é obter elementos que permitam avaliar o histórico escolar e profissional do(a) candidato(a). Serão especialmente consideradas as atividades acadêmicas e profissionais relacionadas à área de pesca e/ou aquicultura.

 

b)    A característica do instrumento é a análise do Curriculum Vitae e da documentaçãocomprobatória anexada. 

 

c)    Os documentos comprobatórios do curriculum deverão ser organizados conforme o modelo apresentado a seguir. Todos os itens serão analisados e pontuados com base nos critérios estabelecidos, até um máximo de 100 pontos, sendo considerados, para fins de pontuação, as atividades efetuadas pelo(a) candidato(a) a partir do primeiro ano de matrícula na faculdade.

 

Modelo de organização e pontuação dos itens do Currículo

1)

Monografia de conclusão de curso*

Pontos

 

*Precisa ser certificada pela Instituição ou Orientador(a)

 

 

MÁXIMO: 3 pontos

3

2)

Publicações

 

 

 

Pontos

 

Publicação de trabalho em periódico com Qualis A1  

5,0ptos/artigo

 

Publicação de trabalho em periódico com Qualis A2

4,0ptos/artigo

 

Publicação de trabalho em periódico com Qualis B1

3,0ptos/artigo

 

Publicação de trabalho em periódico com Qualis B2 

2,0ptos/artigo

 

Publicação de trabalho em periódico com Qualis B3, B4, B5  

1,0ptos/artigo

 

Publicação de trabalho em periódico com Qualis C e/ou sem Qualis

0.5pto/artigo

 

Resumo ou trabalho completo publicado em anais de congresso

0,5pto/resumo

 

Artigos de divulgação

0,5pto/artigo

 

Livros/capítulo de livro/editoração

0,5pto

 

MÁXIMO: 40 pontos

 

3)

Especialização/Formação complementar

 

 

Capacitação - Cursos e minicursos de até 8 h (0,5 pto); de 9 a 40 h (1,0 pto);  > 40 h – 1,5 pto)

0,5-1,5

 

Estágio na área*

1,0

 

Bolsa até 1 ano

1,0

 

Bolsa por mais de 1 ano: 1 pto para cada ano

1,0/ano

 

Participação em projeto de pesquisa (máximo 4 projetos)

1/projeto

 

*a pontuação indicada é para área de aquicultura, pesca ou áreas afins - metade da nota para outras áreas.

 

 

MÁXIMO: 30 pontos

 

 

 

 

4)

Atuação profissional comprovada na área de formação*

 

 

Até um ano

0,5

 

Mais do que um ano

1,0

 

* precisa ser certificada pela instituição ou empresa

 

 

MÁXIMO: 10 pontos

 

5)

Ministração de minicursos e palestras/prêmios/participação em eventos

 

 

Ministração de Minicurso ou curso técnico-científico com mais de 08 horas

1,0

 

Ministração de Minicurso ou curso técnico-científico com no mínimo 08 horas

0,5

 

Ministração de Palestras (independentemente da duração)

0,2

 

Prêmios em eventos

0,1

 

Participação em evento com apresentação oral*

0,2

 

Participação em evento com apresentação de pôster*

0,15

 

Participação a eventos ou cursos como apoio/auxilio*

0,15

 

Participação em evento e palestras como ouvinte*

0,1

 

*a pontuação indicada é para área de aquicultura, pesca ou áreas afins - metade da nota para outras áreas.

 

 

MÁXIMO: 17 pontos

 

 

TOTAL

 

 

2.2. Cálculo da nota final do processo seletivo:

 

A nota final do candidato será calculada pela média ponderada da soma das notas da Prova de Inglês (peso 1) e do Currículo (peso 2), através da fórmula: (a*1+b*2)/3, onde a=nota da Prova de Inglês; b= nota do Currículo; 1=peso da Prova de Inglês e 2=peso do Currículo.

3. DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

A nota final obtida no processo seletivo será comunicada pela Secretaria de Pós-graduação ao(à) candidato(a) e respectivo(a) orientador(a), via e-mail.

4. MATRÍCULA

a)   Após a divulgação do resultado final do processo seletivo, o(a) candidato(a) deverá efetuar o pagamento da Taxa de Matrícula, cujo valor e modalidade de pagamento serão comunicados pela Secretaria do Programa de Pós-graduação em Aquicultura e Pesca. O pagamento da Taxa de Matricula será exigido no início de cada semestre.

b)   A renúncia à matrícula pelo(a) candidato(a) selecionado(a) poderá ocorrer somente com apresentação de justificativa, que, se aceita pela Comissão de Seleção, implicará a anulação da inscrição no processo seletivo e a obrigatoriedade de, caso queira voltar, submeter-se a novo processo. 

 

5. CONCESSÃO DE BOLSA CAPES-DS 

Todos os alunos matriculados no Programa de Pós-Graduação em Aquicultura e Pesca do Instituto de Pesca (PPG-IP) poderão participar do processo de concessão de bolsas CAPES-DC, o qual será baseado na nota final obtida no processo de seleção anteriormente descrito.

 

A concessão de bolsas CAPES-DS será realizada pelo Comitê de Bolsas do Programa, que avaliará a quantidade de bolsas disponíveis e fará a atribuição das bolsas, de acordo com a ordem do(a)s candidato(a)s, levando em consideração o valor da nota final obtidapor eles no momento da efetivação da matrícula.

Considerando que o processo de seleção é contínuo, as bolsas serão atribuídas a partir do candidato que, naquele momento, tiver a maior nota final no processo seletivo.

Em caso de empate, a bolsa será concedida ao(à) candidato(a) que houver obtido a melhor nota na análise do Currículo. Em caso de persistência do empate, a bolsa será concedida ao(à) candidato(a) com maior idade.

 

a) Não serão concedidas bolsas a candidato(a)s que possuam vínculo empregatício

 

6. SOLICITAÇÃO DE RECURSO 

O recurso sobre qualquer etapa do processo de seleção deverá ser interposto à Comissão de Seleção até 48 (quarenta e oito) horas após a divulgação dos resultados. O recurso deverá ser apresentado à Secretaria da Pós-graduação, em São Paulo, Capital, pelo(a) candidato(a) ou seu representante legal, previamente enviado por e-mail e depois por via postal (AR ou Sedex) para a Secretaria do Programa.

 

7. COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO DE SELEÇÃO (2015-2017)

Membros

 

Prof. Dr. Acácio Ribeiro Gomes Tomás

Profa. Dra. Cláudia Maris Ferreira Mostério

Prof. Dr. Eduardo Gomes Sanches

Prof. Dra. Paula Maria Gênova de Castro Campanha

Profa. Dra. Maria Letizia Petesse

Secretário: Ocimar Pedro

ANEXO 1 - Carta de indicação do(a) candidato(a)

 

EU, ________________________________________________(Nome do docente), docente permanente do Programa de Pós-graduação emAquicultura e Pesca do Instituto de Pesca/APTA/SAA–SP, venho através desta, indicar _________________________ ____________________________________[Nome do(a) candidato(a)], graduado(a) em _____________________________________________________(Área de graduação), pelo(a) _________________________________________________________(Nome da Universidade ou Faculdade), para concorrer aoprocesso de seleção contínua para o Curso de Mestrado em Aquicultura e Pesca deste Programa.

Outrossim, atesto, perante o Programa de Pós-graduação, que conheço o(a) candidato(a) e que o mesmo possui condições e conhecimentos necessários para cursar as disciplinas do Programa e executar o Projeto de Dissertação, cuja prévia segue anexa, no prazo constante do Regimento do Programa, sob minha orientação.

Declaro ainda que disponho de acesso às condições estruturais e laboratoriais mínimas necessárias à realização do projeto de dissertação no prazo estipulado noRegimento e que a admissão do(a) presente candidato(a) não implicará prejuízo à qualidade das demais orientações sob minha responsabilidade em andamento neste Programa.

 

São Paulo,    _______de____________________ de 201__

 

__________________________                               ____________________________

 

Orientador(a)                                                                 Candidato(a)

 

ANEXO 2 - Ficha de inscrição

 

INSTITUTO DE PESCA/APTA/SAA-SP

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AQUICULTURA E PESCA

 

Ilmo(a). Sr(a).

Coordenador(a) do Programa de Pós-Graduação em Aquicultura e Pesca do Instituto de Pesca

 

Eu, _____________________________________, RG.nº________________________, CPF nº _____________________, residente no(a) ____________________________, Município de ____________________, Estado_________________, Tel. (  )__________, e-mail:_____________________________________, venho respeitosamente requerer a Vossa Senhoria inscrição no Processo de Seleção para ingresso no PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AQUICULTURA E PESCA DO INSTITUTO DE PESCA, ÁREA DE CONCENTRAÇÃO _________________________________, no ano de _________, sob a orientação do Prof.(a)_______________­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­__________________________________.

OBS: Estou ciente de que apenas o melhor classificado dentre os candidatos à vaga do orientador indicado na presente será admitido no Programa.

__________________, _____ de ________________, de __________

 

_____________________________                       _____________________________

         Assinatura do(a) candidato(a)                                          Assinatura do(a) orientador(a)

Documentos anexos:

(  ) Comprovante de pagamento da taxa de inscrição (R$ 70,00)

(  ) Cópia simples do RG

(  ) Curriculum Lattes (CNPq) impresso, com documentação anexada (Cópia simples)

(  ) Pré-projeto de dissertação

 

ANEXO 3 - Roteiro para elaboração de proposta de dissertação 

A Proposta de Dissertação deve conter no máximo 10 páginas, em espaço 1,5 com fonte Times New Roman 12.

1.Folha de rosto contendo título do projeto de pesquisa proposto, nome do aluno, nome do orientador e do co-orientador (caso haja) e resumo de até 20 linhas.

2.Enunciado do problema (Introdução)

3.Objetivos gerais e específicos.

 

O objetivo geral está relacionado aos resultados mais abrangentes para os quais o projeto pretende contribuir. Ele informa sobre o problema da pesquisa em seu sentido mais amplo, apresentando declarações claras e explícitas sobre o “porquê de se estudar um determinado fenômeno ou assunto”. 

 

Os objetivos específicos indicam, de forma detalhada, todos os aspectos que se pretende abordar relativamente à temática de interesse explicitada pelo objetivo geral.

Devem ser formulados cuidadosamente levando em consideração também os aspectos econômicos e práticos.

Ao formular os objetivos gerais e específicos, sugere-se usar verbos que exprimam ação, tais como:

verificar,  analisar, descobrir, determinar, identificar, reconhecer, apresentar.

 

A definição dos objetivos específicos é fundamental para que a Comissão de Seleção possa avaliar a viabilidade de elaboração de pelo menos um artigo científico derivado da dissertação como prevê o regimento do Programa. Para tal, o candidato deve vincular com a maior clareza possível o artigo a ser elaborado aos objetivos específicos. Quanto maior a clareza sobre os objetivos específicos, mais fácil será a execução do trabalho.

4. Metodologia e delineamento estatístico.

5. Referências bibliográficas citadas de acordo com as normas do Boletim do Instituto de Pesca (http://www.pesca.sp.gov.br/index.php/publicacoes/boletim-do-instituto-de-pesca/instrucao-aos-autores)

 

6. Cronograma de execução do projeto incluindo, incluindo a previsão para o Exame de Qualificação e a Defesa da Dissertação a defesa da dissertação.

 

7. Descrição do apoio e infraestrutura institucional e extra institucional disponíveis para o desenvolvimento do projeto. Descrever aqui parcerias a serem feitas com outras instituições, mesmo que não resultem em auxílio financeiro. 

 

end faq

 

Faça o download do edital aqui.